Entenda como funciona o preenchimento em Ácido Hialurônico

O preenchimento com ácido hialurônico é um procedimento estético que tem obtido bastante popularidade e pode ser bastante vantajoso tanto para o dentista especialista em Harmonização Orofacial, quanto para o paciente. Capaz de preencher os sulcos faciais, a substância proporciona efeito rejuvenescedor, além de possibilitar a melhora dos contornos do rosto. Nesse artigo vamos te contar tudo sobre ele!

Aplicações do Ácido Hialurônico

Dentre as aplicações da substância estão a correção do “bigode chinês”, preenchimento de olheiras profundas, amenização de linhas de expressão e rugas, aumento do volume dos lábios e melhor definição de traços como o dorso do nariz e a linha do maxilar. Com tantas possibilidades, dá para entender por que o ácido hialurônico tem feito tanto sucesso, não é? Mas além disso, existem outras vantagens desse tipo de preenchimento. Acompanhe:

É natural e, portanto, super seguro!

O ácido hialurônico é uma substância que já existe no organismo humano e tem um importante papel na sustentação da pele. Com o envelhecimento, ele vai sendo degradado e é ai que entra o preenchimento! O ácido usado no procedimento é um produto sintético bioidêntico, ou seja, tem as mesmas características do natural. Por isso, a chance de haver alguma incompatibilidade, alergias ou outro efeito colateral são mínimas, praticamente nulas, tornando o processo bastante seguro.

É praticamente indolor

A aplicação do ácido hialurônico é feita com agulhas finíssimas, por isso o incômodo durante o procedimento é reduzido. Mas, para garantir o conforto do paciente, o profissional pode aplicar um anestésico tópico antes de começar. 

Melhora as condições da pele

O ácido hialurônico tem a capacidade de atrair e reter água, melhorando o tônus, a elasticidade e a hidratação da pele. Além disso, o produto estimula a produção natural de colágeno, proteína fundamental do nosso corpo que atua melhorando pele, cabelos e unhas, mas que tem sua produção diminuída com o decorrer dos anos. O efeito preenchedor do ácido aliado a essas características é o que proporciona um efeito rejuvenescedor global na pele do paciente.

Resultados rápidos e com boa durabilidade

O preenchimento com ácido hialurônico é feito em uma sessão e os resultados podem ser percebidos poucos dias depois. O procedimento é rápido, logo após podem aparecer pequenos hematomas ou inchaço localizado, mas nada que impeça que o paciente retorne às suas atividades habituais.

Com o tempo, o ácido será absorvido pelo corpo, mas os resultados podem durar por até 6 meses. Novas aplicações podem ser feitas periodicamente, a depender da indicação do profissional e garantindo a fidelização do paciente. 

O Instituto Velasco oferece o curso de Preenchimento com Ácido Hialurônico, além de outras especializações que também são pouco invasivas, mas oferecem resultados surpreendentes, como a Toxina Botulínica. A área de Harmonização Orofacial é uma excelente aposta para quem quer se atualizar na odontologia estética e ampliar ainda mais os resultados do seu negócio! Conheça o Instituto Velasco e nossa grande cursos super completa

Mitos e verdades sobre a Toxina Botulínica

Muito se fala por ai sobre a toxina botulínica, popularmente conhecida por Botox®, a substância tornou-se famosa por proporcionar o tão desejado efeito de rejuvenescimento facial através da correção de rugas e linhas de expressão.

Mas, mais do que isso, hoje foram descobertos outros benefícios que o Botox® pode trazer. E não são apenas estéticos! Existem usos terapêuticos da substância, como casos de tratamento de dores orofaciais, cefaléia tensional de origem dentária e disfunção têmporo-mandibular.

Com tantas aplicações, é possível entender porque surgem mitos sobre o assunto, não é? Nesse artigo vamos esclarecer alguns deles. Vamos começar!

1. O dentista só pode usar a toxina botulínica para tratamentos de saúde bucal

Esse é um mito. O dentista habilitado no Curso prático de Toxina Botulínica em Odontologia pode fazer o uso da substância para diversas finalidades, sejam elas estéticas ou terapêuticas, em todos os pontos da face. 

2. Usar toxina botulínica deixa a pessoa sem expressão

Um dos mitos mais populares com relação ao Botox® é ideia de que a aplicação deixa o rosto “congelado”, perdendo a expressividade. É verdade que a toxina paralisa alguns pontos de contração da musculatura da face, mas quando bem aplicada por um dentista especializado, nos pontos corretos e com indicação certeira não há o risco de perder a expressão.

3. A toxina botulínica pode resolver as dores de cabeça do paciente

Isso é verdade! Dentre os usos terapêuticos do botox está o tratamento de dores de cabeça que possuem origem dentária ou tensional e também aquelas causadas pela disfunção têmporo-mandibular. 

4. Jovens não “precisam” da toxina botulínica

Como o Botox® se popularizou por sua função rejuvenescedora, muitos acreditam que os jovens não poderiam se beneficiar da substância. Entretanto, a toxina também pode ser utilizada pelos mais jovens para prevenção de rugas, linhas e marcas de expressão, e também para outras funcionalidades estéticas como correção do sorriso gengival ou assimetrias da face. Os usos terapêuticos da substância também não possuem idade mínima para aplicação. Tudo depende da recomendação correta de um profissional habilitado. 

5. O resultado é temporário

Isso é verdade! O efeito da toxina botulínica é percebido rapidamente pelo paciente (cerca de 48h após o procedimento) e permanece atuando por um período de cerca de 6 meses, depois disso é necessário fazer uma nova aplicação, fidelizando o paciente. 

6. Toxina botulínica e anestésico não podem ser utilizados juntos

Esse é um mito! O tratamento com toxina botulínica não é muito dolorido, por isso, na maioria dos casos, o uso de anestésico é dispensável. Entretanto, pode sim ser utilizado, por exemplo no tratamento da enxaqueca, pois é necessário fazer a aplicação em muitos pontos da face, podendo causar incômodo. Basta lembrar-se de não guardar o diluído com anestésico, pois a degradação é mais rápida. 

O dentista que deseja ampliar sua cartela de serviços e começar a oferecer tratamentos com toxina botulínica pode se especializar através do curso prático do Instituto Velasco. Esse é o primeiro passo para se especializar na área de Harmonização Orofacial, que tem sido muito procurada por pacientes em todo o Brasil!