Alergia a materiais plásticos – como identificar?

alergia-a-materiais-plasticos-como-identificar

Alergia a materiais plásticos – como identificar?

Materiais dentários não devem ser apenas atraentes e duráveis, mas também devem ser compatíveis com o corpo. Portanto, as questões de toxicidade e biocompatibilidade destes materiais é um interesse crescente de profissionais de todos os níveis hierárquicos. Resinas acrílicas, monômeros acrílicos e metacrilatos, são materiais que em contato com pessoas alérgicas podem causar reações. Veja como identificar e proceder com pacientes alérgicos a materiais plásticos. 

Como esses materiais são absorvidos pelo organismo?

Como parte de uma avaliação toxicológica, é importante compreender os mecanismos de absorção, metabolismo e eliminação de uma substância no corpo. Estudos em animais mostram que os monômeros quando absorvidos pelo organismo, tais como metacrilato de hidroxietilo, dimetacrilato de trietileno glicol e o bisfenol glicidilo, são convertidos em CO2 no corpo. Também foi constatado que durante o processo metabólico, materiais intermediários que possuem uma toxicidade elevada podem acarretar uma intoxicação. Durante a degradação de HEMA e TEGDMA, o ácido epoxi-2,3-ácido metacrílico se transformam em microssomas no fígado humano.

Identificando a alergia

Para avaliar as potencialidades alérgicas é importante saber a quantidade de substâncias liberadas pelos materiais, a quantidade real absorvida pelo corpo e a partir de quando os sintomas apareceram para identificar uma alergia. Durante a última década, tem havido um número crescente de pacientes com efeitos secundários após realizar uma restauração dentária (reações liquenóides, asma, eczema). Foi descoberto que os metacrilatos, frequentemente utilizados em odontologia, eram os gatilhos dessas reações.

Testes de alergia

Já foram realizados testes para determinar a quantidade de liberação de substâncias nocivas para a maioria dos compostos disponíveis no mercado. O método Patch émuito eficar na identificação de alergias a substâncias diversas.
Com base nesses resultados é possível, identificar uma alergia ou intolerância. A recomendação é que o paciente realize este teste antes de realizar uma intervenção odontológica e informe o dentista, para que ele possa escolher previamente para o paciente alérgico, o material mais compatível com as suas necessidades.

No Comments

Post a Reply