Toxina botulínica na odontologia – entenda como essa técnica pode diversificar o atendimento do seu consultório

Toxina botulínica na odontologia – entenda como essa técnica pode diversificar o atendimento do seu consultório

A toxina botulínica na odontologia vem sendo utilizada com excelentes resultados em diversos tratamentos orofaciais. Popularmente conhecida como Botox®, trata-se de uma substância capaz de atuar nos neurônios, bloqueando a ação do neurotransmissor acetilcolina para as fibras musculares.

Quando isso ocorre, a musculatura do local perde o poder de contração e fica paralisada. Esse efeito, quando provocado por um profissional habilitado de forma controlada e em pontos estratégicos do corpo, pode trazer benefícios para a saúde e estética do paciente. 

Como é usada a toxina botulínica na odontologia?

Na prática, existem casos clínicos que podem ser beneficiados pelo uso da toxina botulínica. Vamos te mostrar alguns deles:

Controle do bruxismo

O bruxismo é uma condição caracterizada pelo ranger ou apertar dos dentes, podendo causar dores faciais, fadiga muscular e desgaste da superfície dentária. A aplicação certeira da toxina botulínica nos músculos da face reduz a tensão e impede o atrito entre os dentes. Trata-se de uma alternativa mais confortável do que as tradicionais placas noturnas que costumam ser usadas no tratamento do bruxismo. 

Correção do sorriso gengival

Caracterizado pela exposição exagerada da gengiva ao sorrir, essa é uma condição estética que incomoda muitos pacientes.Geralmente indica-se cirurgia para correção, entretanto, nos casos em que a distância entre o lábio e a gengiva é menor do que 3mm, basta uma aplicação da toxina botulínica no músculo interno do buço. Ela impedirá que o lábio superior suba excessivamente ao sorrir, expondo menos a gengiva e descartando a necessidade do procedimento cirúrgico. 

Regularização de assimetrias da face

Pequenas assimetrias da face, como o sorriso assimétrico ou o desequilíbrio no tamanho do músculo da bochecha nos dois lados da face, também podem ser corrigidas com o uso da toxina botulínica na odontologia.

Vantagens do uso da toxina botulínica na odontologia

Os resultados dos tratamentos com toxina botulínica são rapidamente visíveis, os efeitos colaterais são poucos e passageiros e o desconforto na hora da aplicação é mínimo. Trata-se de uma técnica claramente vantajosa para o paciente, até mesmo por substituir tratamentos tradicionais, que são mais onerosos e incômodos. 

Além disso, há vantagens também para o profissional. Oferecer serviços como esses é uma forma estratégica de ampliar os procedimentos realizados em seu consultório, possibilitando a conquista de novos clientes ou aumentando a cartela de serviços de seus clientes atuais.

Lembre-se também de que os resultados da utilização da técnica não são permanentes. São necessárias manutenções a cada 3 ou 6 meses, garantindo o retorno e fidelização do paciente, além de lucratividade regular.

Todo dentista pode aplicar toxina botulínica?

A aplicação da toxina botulínica na odontologia com fins estéticos e funcionais depende da realização de cursos de capacitação na área que possibilitem ao profissional precisão, segurança e eficiência na aplicação da técnica. 

O Instituto Velasco é referência em cursos de especialização em odontologia e oferece curso prático de aplicação de toxina botulínica para dentistas. A instituição é reconhecida pelo MEC e conta com toda a infraestrutura necessária para proporcionar um aprendizado de ponta. Conheça nossos cursos!

 

No Comments

Post a Reply